Cobreiro: cuidados para evitar este problema

Também conhecido como herpes-zóster, ele fica latente no organismo. Você sabia que é o mesmo vírus que gera a catapora?

Redação Viva! Mais

O vírus da herpes-zóster, o popular cobreiro, nunca mais vai embora do seu corpo, podendo reativar uma nova infecção na fase adulta | <i>Crédito: Shutterstock
O vírus da herpes-zóster, o popular cobreiro, nunca mais vai embora do seu corpo, podendo reativar uma nova infecção na fase adulta | Crédito: Shutterstock

A herpes-zóster, o popular cobreiro, é causada pelo mesmo vírus que, na infância, atinge muitas pessoas originando a catapora. O que pouca gente sabe é que o vírus nunca mais vai embora do seu corpo, podendo reativar uma nova infecção na fase adulta. A doença é resultado dessa reativação. Geralmente isso acontece quando há uma queda no sistema imunológico (que acontece naturalmente com o envelhecimento, por exemplo).


Sobre o contágio? Ele é raro, mas uma pessoa com herpes-zóster pode transmitir o vírus varicela-zóster para quem não está imune. Isso ocorre por meio do contato direto com as lesões da pele. Uma vez infectada, a pessoa contactante poderá desenvolver catapora e, no futuro, herpes-zóster. Para saber quais os cuidados mais importantes, consultamos uma especialista no assunto, a médica Melissa Palmieri. Confira!

21/06/2017 - 06:05

Conecte-se

Revista Viva Mais