A importância do protetor solar

O Protetor Solar não deve ser utilizado apenas nos dias de sol, deve ser usado todos os dias até mesmo no inverno.

Caique Silva

A Tulípia Cosméticos lança sua linha de fotoprotetores faciais Hidrasol | <i>Crédito: Shutterstock
A Tulípia Cosméticos lança sua linha de fotoprotetores faciais Hidrasol | Crédito: Shutterstock

O uso do protetor solar é extremamente importante, ele ajuda a combater o câncer de pele, que pode ser causado pelo longo período de exposição ao sol. Além de evitar a insolação, queimaduras, manchas, envelhecimento precoce, flacidez, lesões, entre outras complicações. Especialistas da área, afirmam que a eficácia do protetor está diretamente relacionada com a dosagem correta que deve ser aplicada sobre o corpo, levando-se em consideração a cor e o tipo de pele.

O dermatologista Thomas Fitzpatrick classificou a pele em 6 tipos e deu dicas de proteção:

Tipos 1 e 2: Peles muito brancas e peles brancas. Dica: Para esses tipos de peles, que jamais se bronzeiam e queimam-se com extrema facilidade, recomenda-se o fator de proteção 60, pois, tais protetores são capazes de bloquear 98,5% dos raios ultravioletas;

Tipo 3 e 4: Peles ligeiramente morenas e peles morenas. Dica:Essas peles já contam com uma pequena proteção natural. Queimam-se com facilidade, mas podem ficar bronzeadas e, por isso, podem ser protegidas com o fator de proteção 30 que filtra 96% dos raios ultravioletas;

Tipo 5 e 6: Peles muito morenas e peles negras. Dica: Para essas peles, que ficam bronzeadas com facilidade e raramente se queimam, o fator de proteção 15, que filtra 87% dos raios ultravioletas, é o mais indicado.

Por fim, os especialistas fazem as seguintes recomendações para o uso dos Protetores e Bloqueadores: espalhar no corpo e no rosto, sem esquecer orelhas, pés e pescoço, no mínimo 30ml de protetor; usar sempre a palma das mãos para aplicar o creme ou o gel; passar nova camada após contato com a água; usar o boné que já funciona como fator de proteção 7 para o rosto e 5 para o pescoço.


Protetores solares faciais

  Para ajudar na prevenção do envelhecimento cutâneo facial precoce e de queimaduras decorrentes da exposição ao sol, a Tulípia Cosméticos lança sua linha de fotoprotetores faciais Hidrasol.

 A linha de Fotoprotetores Faciais Hidrasol está disponível nas versões FPS 30 (alta proteção) e FPS 60 (proteção muito alta), com proteção FPUVA 10 e 20, respectivamente. Além da proteção contra os raios solares e dos seus efeitos cumulativos na pele, ela acalma e regenera a epiderme, protege o DNA celular dos danos causados pela radiação solar, previne o envelhecimento precoce e o câncer de pele, proporciona hidratação e inibe o aparecimento de manchas escuras provenientes da exposição prolongada ao sol.

 Sua fórmula exclusiva contém manteiga de cupuaçu, extrato de copaíba e vitamina E, sendo de fácil absorção, espalhabilidade, com toque seco e textura sedosa (textura soft cream). Além disso, são resistentes à água, oil free e livres de parabenos. Toda a linha é dermatologicamente testada.

 Preço: FPS 30 - R$ 69,90. (50g) | FPS 60 - R$ 79,90. (50g)

 Modo de Usar: aplicar abundantemente antes da exposição ao sol. É necessária a reaplicação do produto para manter a sua efetividade. Reaplicar com a pele seca, sempre após 40 minutos dentro d'água, após sudorese intensa, nadar, banhar-se ou durante a exposição ao sol.

09/01/2017 - 18:33

Conecte-se

Revista Viva Mais