5 mitos e verdades sobre pilates que você precisa saber

O pilates é um exercício físico bastante recomendado para quem quer cuidar do corpo e não é fã das academias convencionais

As aulas ajudam a melhorar a flexibilidade, a postura, o fortalecimento dos músculos e a emagrecer | <i>Crédito: iStock
As aulas ajudam a melhorar a flexibilidade, a postura, o fortalecimento dos músculos e a emagrecer | Crédito: iStock
Apesar de ser uma atividade relativamente nova no Brasil, com 26 anos de atuação no país, o pilates já ganhou bastante popularidade e atinge cada vez mais adeptos. As aulas ajudam a melhorar a flexibilidade, a postura, o fortalecimento dos músculos e a emagrecer. Porém, alguns mitos sobre a atividade ainda circulam por aí, impedindo que muita gente conheça os benefícios da prática por preconceito ou falta de conhecimento. Outro ponto que pode pesar é o peço, já que para praticar pilates é preciso investir uma quantia considerável por mês. O preço médio, em São Paulo, varia entre R$ 200 a R$ 600 (semanal ou três vezes na semana), dependendo da região, e se as aulas são particulares ou em grupo. O educador físico Douglas Paiva, também fundador da Pure Pilates, respondeu pra gente algumas questões sobre o exercício.


Sobre os valores, ele comenta: “O pilates muitas vezes é visto como uma atividade cara porque é comparado às aulas de academia, em que muitas pessoas são atendidas pelo mesmo instrutor. Porém, as turmas são enxutas, com no máximo com três alunos, o que acaba tornando as aulas mais personalizadas e, consequentemente, com resultados mais satisfatórios. Além disso, se você comparar com uma sessão de fisioterapia, no caso de praticar pilates para reabilitação, o valor acaba se tornando justo. Outro ponto que deve ser levado em conta é o investimento na prevenção de doenças, que quando instauradas acabam saindo muito mais caro do que as sessões.”


 

Dá uma olhada!

17/07/2017 - 08:52

Conecte-se

Revista Viva Mais