Como adaptar o pet ao hotel e à creche?

Essa pergunta atormenta muita gente quando pinta uma viagem ou mesmo falta tempo para poder proporcionar mais espaço e atividade aos pets

Por Márcia Miyabara, adestradora da Cão Cidadão.

Conheça os cuidados para deixar o seu melhor amigo no hotel | <i>Crédito: iStock
Conheça os cuidados para deixar o seu melhor amigo no hotel | Crédito: iStock
Hotel ou creche são excelentes opções, desde que se faça um planejamento com antecedência, principalmente se o animal nunca ficou longe da família e do ambiente em que está acostumado, e sejam levadas em consideração algumas questões, como, por exemplo: meu animal de estimação é sociável com outros e com pessoas? Sua saúde está em perfeitas condições, incluindo as vacinas em dia?
 
Partindo para a escolha do local, é interessante buscar referências e, se possível, indicações de pessoas que já possuem o costume de utilizar esses serviços.
 
O ideal é que se visite antes, ainda sem o pet, para observar a limpeza e organização, se há espaço coberto onde os animais se abriguem para descansar ou da chuva ou sol intenso, por exemplo. Verifique também se eles ficam soltos a maior parte do tempo, se o ambiente onde ficam tem água à disposição. Não menos importante, observe também como os funcionários lidam e tratam os hóspedes.
 
A maioria dos locais fazem períodos de adaptação com o animal antes, por algumas horas, para que ele vá se adaptando ao ambiente sem que haja um afastamento brusco da rotina a qual ele está acostumado. Hoje em dia também é normal poder levar o alimento que o pet está acostumado a comer. Mas é sempre bom confirmar essa informação.
 
Chegando a hora de deixá-lo, leve alguns dos brinquedos favoritos do animal, um pano com o cheiro dos tutores e, se possível for, a caminha onde ele está acostumado a dormir também pode transmitir mais tranquilidade.
 
Boa estada!

01/03/2017 - 08:00

Conecte-se

Revista Viva Mais