Os momentos mais malucos da TV brasileira dos anos 80 e 90

Peito à mostra num domingo à tarde, criança cantando música de sacanagem... veja algumas das maluquices que tinham espaço na TV

Gregory Prudenciano

Os anos 80 e 90 produziram momentos ímpares na TV | <i>Crédito: Redação Viva! Mais
Os anos 80 e 90 produziram momentos ímpares na TV | Crédito: Redação Viva! Mais
Se o seu sobrinho adolescente fizesse uma viagem no tempo e desembarcasse na frente de uma TV em plenos anos 80 e 90, ele ficaria BEEEM assustado. Impensáveis hoje em dia, a televisão aberta dessas décadas produziu cenas que entraram para o imaginário popular e que geraram boas risadas, alguns sustos e, quem sabe, até alguns traumas. Selecionamos alguns desses momentos impagáveis para você relembrar e perceber o quanto as coisas mudaram. Entre a nostalgia e a vergonha, vale a pena dar um play nesses links. Divirta-se! 

Brega & Chique (1987)
A antecessora de “Sassaricando” – que se tornou um clássico da TV – é mais lembrada pela vinheta de abertura do que pelos seus atributos dramáticos. O motivo é uma bela de bunda de fora, bem no finzinho, do ator Vinícius Manne, que exibia a poupança despreocupadamente enquanto caminhava ao som de “Pelado”, do Ultraje a Rigor. A Censura do governo chegou a impedir a exibição da abertura, que foi liberada depois que a Globo aceitou colocar uma folha digitalizada cobrindo o patrimônio de Vinícius. Confira aqui.

Celso Russomano apalpando dançarina (1990)
Russomano fez fama comprando a briga de consumidores insatisfeitos, é verdade, mas esse vídeo, em que aparece apalpando o seio da dançarina Kátia Dias – que na época tinha 16 anos - no programa Circuito Night (TV Gazeta) persegue o atual político até hoje. O vídeo sempre é usado por rivais políticos na época de eleição. Hoje, Celso Russomano é filiado ao PRB, partido ligado à Igreja Universal. Dê o play aqui.

Xuxa e o “pinto pequeno” (1995) 
Uma das cenas mais bizarras já produzidas pela TV brazuca! A cantora Gilette foi até o programa da Rainha dos Baixinhos para cantar seu grande sucesso da época, “Short Dick Man” (literalmente, “homem de pinto pequeno). O vídeo é insano: Xuxa dança, as crianças pulam, o público se chacoalha suuuper animado sem parecer ter ideia que está cantando uma letra que diz “não quero um homem de pinto pequeno e enrugado”. Imagina se uma coisa dessas ia acontecer hoje em dia! Sério, assiste isso aqui e fique atento à legenda.

Maluf cantando Roberto Carlos (1986)
Marília Gabriela tinha programa de entrevistas com seu nome na Band, e um dos quadros mais memoráveis era o “Karaokê da Gabi”, em que o entrevistado soltava a voz. Foi o suficiente para produzir a hilária cena de Paulo Maluf dedicado a emocionar o público enquanto entoava “Amigo”, de Roberto e Erasmo Carlos. Vale muuuito o clique. 

Sérgio Mallandro entrevistando Lula (1989)
“Eu adoro pinga com cambuci!”. Sérgio Mallandro conseguiu arrancar essa frase de Lula, então candidato à presidência. A cena aconteceu no palco do Show de Calouros de Silvio Santos, quando Lula se deixou entrevistar pelo pupilo de Sílvio. Glu glu yeah yeah! Assista clicando aqui.

Banheira do Gugu (anos 90)
Impossível falar de TV dos anos 90 sem citar a lendária Banheira do Gugu. O quadro consagrou celebridades como Luiza Ambiel e acostumou o Brasil a ver homens e mulheres esculturais lutando, molhados e escorregadios, pela posse dos sabonetes espalhados pela banheira. Coisa comum era ver alguém pagando peitinho - EM PLENA TARDE DE DOMINGO. Recentemente a Record tentou ressuscitar o quadro, mas sem sucesso, já que criou uma versão “gospel” desse clássico televiso, com modelos em enormes trajes de banho. Eita, anos 90 que não voltam mais! Veja esse clássico.

Bispo chutando a santa (1995)
Se a extrema liberdade permitiu uma TV muito sexual, também propiciou um triste episódio de intolerância religiosa. Em pleno feriado de Nossa Senhora Aparecida, o Bispo da Universal Sérgio von Helde protagonizou uma cena que entrou para a história recente do Brasil: encheu de pontapés um imagem da Padroeira. O episódio causou indignação nacional, rendeu reportagem no JN, um pedido de desculpas oficial feito pela Universal e, posteriormente, o afastamento do Bispo. Assista o vídeo aqui.

Fantasia (1997)
Não passou pelos anos 90 quem não assistiu Carla Perez sofrendo para atender os telespectadores que ligavam para o Fantasia. O programa era um amontado de jogos feitos por belas modelos de biquíni que rebolavam sem parar enquanto falavam seus nomes para a câmera e encaravam as brincadeiras. A música da abertura também fica na cabeça mesmo 20 anos depois da estreia do programa: FANTASIAAAAA NO AAAR! Clique aqui e fique com a música na cabeça você também.

11/04/2017 - 14:53

Conecte-se

Revista Viva Mais