Cremes para estrias realmente funcionam?

Saiba como o produto age e por que vale a pena investir

Redação Viva! Mais

Será que os cremes contra estrias realmente funcionam? | <i>Crédito: Shutterstock
Será que os cremes contra estrias realmente funcionam? | Crédito: Shutterstock
Estrias são cicatrizes que se formam posteriormente ao estiramento e ruptura das fibras de colágeno e elastina presentes na pele. Quando determinada parte do corpo começa a aumentar em um curto período de tempo como na gravidez, durante a puberdade ou devido ao rápido aumento de peso (efeito sanfona). Nesses casos, as chances do surgimento de estrias aumentam, ainda mais em pessoas geneticamente pré-dispostas.

Outra causa para o aparecimento dessas marcas é a falta de hidratação. Por isso, uma alternativa bastante utilizada para evitar as estrias é a aplicação de cremes hidratantes.

Já para suavizar a aparência das estrias que já existem, é possível escolher produtos e técnicas estéticas. As estrias são feridas internas, passam por diferentes fases e a primeira é quando estão vermelhas ou arroxeadas, momento ideal para o uso dos cosméticos com cicatrizantes em sua fórmula, que apresentam melhores resultados. Um estudo realizado pela CicatriSSim com 31 mulheres durante o período de um mês, constatou melhora no aspecto das cicatrizes de 87% das entrevistadas, enquanto 77% sentiram diferença na textura após a utilização da loção.



30/03/2017 - 20:21

Conecte-se

Revista Viva Mais