Como evitar que o gato arranhe a casa?

Os gatos, no afã de arranhar, podem acabar estranhando paredes e móveis. Aprenda a redirecionar e controlar esse impulso dos bichanos

Patrícia Oliveira, adestradora da Cão Cidadão

Controlar o impulso dos bichanos para arranhar é importante para manter paredes e móveis intactos | <i>Crédito: Shutterstock
Controlar o impulso dos bichanos para arranhar é importante para manter paredes e móveis intactos | Crédito: Shutterstock

Os gatos, apesar de domesticados, são felinos. Arranhar, caçar e subir nas coisas está entre os seus comportamentos naturais. Quando entendemos os motivos de alguns comportamentos, além de nos aborrecermos menos, ainda podemos melhorar a vida do pet. Os gatos arranham para renovar as unhas, se alongar e até mesmo para demarcar território, seja por meio de odores das patas ou por marcas visuais.

As unhas são fundamentais para esses animais. Eles precisam delas para se equilibrar, se defender, para escalar e, principalmente, na hora da fuga. Se o seu gato vive em apartamento, lembre-se de que ele precisa se exercitar e se divertir. É necessário que os tutores estejam cientes que arranhar é natural para a espécie, mas que podemos evitar que eles escolham o sofá ou outro móvel da casa para essa atividade, por meio do enriquecimento ambiental.

Como dica, vale adquirir um arranhador próprio para gatos, que você pode encontrar em petshops, e ensinar o seu amigo a gostar dele. Brinque com o felino e faça-o subir e caçar coisas próximas ao novo brinquedo. Torne a sua casa um local onde ele possa se divertir e ter seus comportamentos naturais, proporcionando a ele uma vida física e mental ativa. Coloque prateleiras em lugares altos, para que ele possa subir e observar o ambiente do alto, e incentive brincadeiras que se assemelham à caça.

A alimentação também pode ser uma ferramenta utilizada nesse processo. Em vez de deixar a ração disponível em um mesmo lugar, você pode separar a quantidade diária em vários potinhos e deixá-las em ambientes diferentes, onde o animal terá que escalar para procurar.

Outra opção é embrulhar a comida em guardanapos, para que ele exercite o instinto de caça. Bolinhas de pingue-pongue, lasers, guizos e penas também são bastante atrativas e os bichanos adoram! Com toda essa diversão, tenho certeza que ele não vai optar por arranhar os móveis e as pessoas e, dessa forma, a convivência dele com toda a família será muito mais harmoniosa.  

07/03/2017 - 07:00

Conecte-se

Revista Viva Mais