Sarahah: o que é e como usar o app do momento

Criado na Arábia para o ambiente de trabalho, a ferramenta de perguntas anônimas ganhou uma função divertida e um tanto polêmica em terras ocidentais - e deu o que falar!

Letícia Gerola 09/08/2017 - 12:19

Após o download, basta fornecer um endereço de e-mail válido e criar um nome de usuário: pronto!

Tá no link da bio do Instagram, tá nas postagens do Facebook, tá no Twitter. O Sarahah ultrapassou YouTube, Instagram e Snapchat em número de downloads, segundo o TechTudo. Se não ficou claro pra você que sarará é esse que andam falando tanto, fica tranquila! A gente explica:

Origem

Criado pelo árabe Zain al-Abidin Tawfiq, o app é simples: basta criar uma conta que você pode enviar e receber mensagens anônimas de seus amigos. Do árabe, a palavra Sarahah significa “franqueza” e foi desenvolvido para ser usado no ambiente profissional - uma ferramenta para as pessoas enviarem elogios, críticas construtivas ou mensagens motivacionais para seus colegas de trabalho.

Aqui no Brasil, a ferramenta ganhou uma função divertida e um tanto quanto polêmica ao ser usada para o envio de perguntas ou recados, em um formato que resgata a antiga rede social Formspring. Dessa vez, com um tempero a mais: anonimato garantido.

Como funciona

O Aplicativo é gratuito e está disponível para Android e iOS. Após o download, basta fornecer um endereço de e-mail válido e criar um nome de usuário: pronto! Você já tem sua conta. Agora, é só divulgar sua página no Sarahah por aí e aguardar as mensagens.

Anônimo, o app não permite que você veja quem enviou a pergunta ou mensagem e também não possui a função de responder. O que os usuários tem feito para ‘driblar’ essa falta de resposta e dar um retorno aos autores das perguntas é printar a tela com as mensagens, respondê-las ou comentá-las no InstaStories e postar no Stories do Instagram mesmo. Se a pessoa te conhece a ponto de te deixar uma mensagem no Sarahah, provavelmente ela te segue no Instagram, certo? As chances de quem te deixou uma mensagem anônima ver sua resposta são altas!

O anonimato do Sarahah e o caso Secret

Como outros aplicativos que utilizam a função anônima no envio de mensagens, é preciso ficar atento. Comparado ao app Secret, rede social que fez sucesso em 2014, a ferramenta tinha na época a proposta otimista de permitir que as pessoas dividissem seus segredos com amigos de forma anônima. Na prática, o app tomou outro rumo: foi utilizado para prática de bullying, exposição e ofensa e acabou banido do país. Diante da certeza de que sua identidade permanece em segredo e não haverá punição, a opção de se expressar anonimamente pode incentivar o usuário a comentar mensagens de ódio e ofensas. Se o seu Sarahah desviar para esse caminho, evite dor de cabeça e exclua sua conta!