Precisando de uma grana? Conheça o curso de de corte e costura que pode te ajudar

A crise pode ser um momento adequado para aprender novos ofícios

Redação Viva! Mais

O curso de corte e costura é uma boa opção em tempos de crise | <i>Crédito: Shutterstock
O curso de corte e costura é uma boa opção em tempos de crise | Crédito: Shutterstock
As poucas oportunidades de formação profissional nas periferias de São Paulo impedem que muitas pessoas tenham acesso a experiências de aprendizado e, consequentemente, a trabalho. Pensando nisso, a Burda Style, com o apoio do Ministério da Cultura – via Lei Rouanet – e da Cielo, criou a Academia Burda Capacitação, que oferece curso gratuito de corte, costura e empreendedorismo.

O projeto acontece na Obra Social Dom Bosco, em Itaquera – próximo à estação de metrô –, e já formou 100 pessoas em 2016. Este ano, receberá 100 novos integrantes: serão cinco turmas, com 20 inscritos cada. A carga horária é de 90 horas, divididas em 30 aulas. O curso une teoria e prática: os alunos aprenderão técnicas fundamentais com a máquina – como costuras embutidas, aplicações e barras –, ao mesmo tempo em que ouvirão sobre os princípios do empreendedorismo para transformarem o aprendizado em renda.

Ao final do curso, cada indivíduo terá produzido uma camiseta, bata, saia de pregas, vestido reto, camisa e bermuda de elástico. Todo o material utilizado ao longo das aulas é fornecido pelo projeto.

Uma das participantes do projeto-piloto, Valdete Barbosa, de 55 anos, se mostrou muito satisfeita com o curso: “Eu já costuro desde os 12 anos, mas só o que minha mãe ensinou. Nunca usei os moldes. E estou achando muito bom. Eu achava que sabia, mas não sabia nada. Agora eu pretendo colocar uma plaquinha em casa para costurar para fora”, conta.

Para participar dessa iniciativa, é preciso ter mais de 18 anos, vontade de empreender e preencher a ficha socioeconômica. As inscrições serão realizadas dia 16 de março e as aulas devem começar no início de abril. Quem passar pela triagem inicial será entrevistado no mesmo dia e, assim, as turmas serão preenchidas. Ao completarem o curso, os alunos que se formarem com sucesso, de acordo com os critérios de avaliação, ganharão uma máquina de costura. “É uma forma de incentivá-los a caminhar por conta própria após o fim das aulas e, como diz o nosso lema, costurar uma vida melhor”, comenta Ian Levy, idealizador do projeto

04/03/2017 - 09:00

Conecte-se

Revista Viva Mais