Como proteger seu bichinho do frio sem deixá-lo entediado?

Não deixe a preguiça dominar. Proponha atividades divertidas que estimulem os sentidos do seu animal

Por Patrícia Oliveira, adestradora e franqueada da Cão Cidadão 28/07/2017 - 07:36

Lembre-se que o ato de manter seu animalzinho com atividades frequentes evita que ele desenvolva sobrepeso e também diversos problemas comportamentais

O inverno chegou e, assim como nós, humanos, os cães, gatos e outros animais de estimação sofrem com as baixas temperaturas. É sempre importante tomar cuidados básicos para passar por essa estação fria sem sustos e imprevistos, como manter a vacinação em dia, evitando que peguem algum tipo de doença nessa época, diminuir a frequência dos banhos, abrigá-los do frio com o uso de roupinhas, camas e edredons disponíveis no mercado pet em grande variedade.



Você pode descobrir se o seu animalzinho está com frio quando ele estiver procurando ficar escondido, tremendo ou com as extremidades do corpo - como patas, pontas das orelhas e focinho - mais geladas que o habitual.



Épocas de baixas temperaturas são mais preguiçosas e, por isso, vemos poucos tutores passeando com seus animais de estimação pelas ruas. Entretanto, se o animal não tiver atividades para gastar energia e se entreter ele vai procurar coisas divertidas dentro de casa - o que pode trazer muita dor de cabeça. 



Em vez de deixar a preguiça dominar, proponha atividades divertidas que estimulem os sentidos do seu animal:



         1- Espalhe petiscos pela casa e estimule-o a procurá-los.


        2- Faça furos em uma garrafa pet e coloque petiscos ou um pouco de ração dentro e deixe ele se divertir tentando pegá-los.


         3- Opte por brinquedos interativos, onde você também faça parte da brincadeira e possa incentivar essa atividade por mais tempo.


         4- Não deixe simplesmente os brinquedos espalhados pela casa, os pets também precisam de atenção e interação 

com os membros da família.


         5- Opte por passear em horários onde a temperatura não está tão baixa, como pela manhã.


         6- Treine comandos com ele. Além de divertido é educativo.


As brincadeiras devem sempre terminar quando o animal estiver relaxado e satisfeito. Evite brincadeiras que estimulem a agressividade ou deixem o animal muito ansioso. Lembre-se que o ato de manter seu animalzinho com atividades frequentes evita que ele desenvolva sobrepeso e também diversos problemas comportamentais.